Quarta-feira, 20 de Junho de 2007
A investigação neurológica e a aprendizagem

Sabia que a melhor hora para aprender uma coisa nova é nas primeiras duas horas depois de acordar e nas últimas duas horas antes de se deitar? Sabia que destacar elementos-chave com cores aumenta a sua probabilidade de memorização em 25%?
Laura Erlauder estudou os últimos desenvolvimentos na investigação neurológica e aplicou-os ao ensino na sala de aula, numa abordagem simultaneamente científica e intuitiva. Empregando a sua experiência como professora e directora de escola, Erlauder resume as principais descobertas e mostra como os professores as podem utilizar na aula. Saiba mais em Práticas Pedagógicas Compatíveis com o Cérebro de Laura Erlauder



publicado por enfarpeladasocumveu às 22:50
link do post | comentar | favorito

A aprendizagem e o exercício
(...) O facto de estar em pé aumenta a circulação sanguínea no corpo, levando mais oxigénio ao cérebro. O aumento do oxigénio dá mais energia ao cérebro, reduz o stress e promove a produção de hormonas que ampliam o crescimento e fortalecimento das conexões entre as células nervosas. Estar sentado por longos períodos de tempo pode ter efeitos prejudiciais no corpo, incluindo uma redução da respiração profunda, aumento da pressão na coluna e olhos cansados (Jensen, 2000). Os alunos que ficam em pé ou que caminham de um lado para o outro durante a aula têm menos fadiga física, logo concentram-se mais eficazmente nos conceitos e nas tarefas.
Os neurocientistas descobriram que o cerebelo, que está envolvido na maior parte da aprendizagem, opera na sua mais elevada capacidade em períodos de movimento. Um estudo canadiano apurou que em 500 alunos, os que passavam mais uma hora por dia numa aula de educação física tiravam notas mais altas nos exames do que aqueles que não incrementaram o movimento físico. Leia mais em


publicado por enfarpeladasocumveu às 22:40
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Five Numbers to Remember ...

Experiences Build Brain A...

O cérebro controla quanto...

3 ilusões óticas que desv...

Could changes in thinking...

“Bullying” na infância te...

AS ARMAS BIOLÓGICAS CONTR...

Como o genoma de 14 esque...

SINAIS PRECOCES DE UM POS...

Qué es la matriz extracel...

arquivos

Julho 2018

Agosto 2017

Julho 2017

Julho 2016

Março 2016

Dezembro 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2013

Janeiro 2013

Junho 2012

Maio 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

favoritos

Entrevista a Alexandre Fr...

As feromonas da maçã

Reivindicar outra avaliaç...

A coragem para dizer: bas...

Dez Princípios para uma R...

Pode alguém ser quem não ...

links
Artist a Day
https://www.artistaday.com/
blogs SAPO
subscrever feeds