Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009
Deterioro cognitivo causado por la falta de sueño

Se ha hallado una vía molecular en el cerebro que es la responsable del deterioro cognitivo que se produce por la falta de sueño. Los autores creen que los déficit cognitivos causados por privación del sueño, como son la incapacidad de concentración o los problemas con el aprendizaje y la memoria, pueden ser reversibles al reducir la concentración de una enzima específica que se acumula en el hipocampo del cerebro.

Los resultados, publicados en la revista Nature, muestran que los ratones privados del sueño presentan unos mayores niveles de la enzima PDE4 y menores de AMPc, una molécula importante en la formación de nuevas conexiones sinápticas en el hipocampo, que los que duermen correctamente.

Tratando a los ratones con inhibidores de la PDE4, encargado de reducir el déficit de cAMP inducido por la privación de sueño, la plasticidad sináptica y la memoria dependiente del hipocampo. Esto reduce las deficiencias en las conexiones sinápticas en el hipocampo y, por lo tanto, contrarresta algunas de las consecuencias que tiene la falta de sueño sobre la memoria.

Vecsey CG, Baillie GS, Jaganath D, Havekes R, Daniels A, Wimmer M, et al.

LER MAIS



publicado por enfarpeladasocumveu às 14:16
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Domingo, 3 de Maio de 2009
La corteza prefrontal que participa en la producción de la memoria puede verse alterada como resultado del estrés crónico.

Científicos de la Universidad de Cornell en Nueva York han descubierto una base biológica subyacente que podría explicar por qué los niños pobres muestran diferencias importantes en los ingresos y el rendimiento que consiguen cuando son adultos en comparación con los individuos de ingresos medios.

Los científicos, dirigidos por Gary Evans y Michelle Schamberg, analizaron datos de estudios anteriores que medían el rendimiento en la infancia y la pobreza y sugieren que el estrés crónico que experimentaban los niños durante el crecimiento en situaciones de pobreza impacta de forma negativa en la memoria a corto plazo, la denominada memoria de trabajo, a medida de los niños maduran.

Los autores encontraron que la corteza prefrontal, que controla la memoria de trabajo con la ayuda del hipocampo, que participa en la producción de la memoria, podría verse alterada como resultado del estrés crónico.

 

 

Ver Mais

 

FUENTE: PNAS ON LINE. 2009 MAR



publicado por enfarpeladasocumveu às 01:57
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Sexta-feira, 10 de Abril de 2009
Exame simples pode detectar risco de Alzheimer ainda na juventude

Gene ApoE4 está ligado à hiperactividade no hipocampo
Gene ApoE4 está ligado à hiperactividade no hipocampo
Um exame que detecta hiperactividade numa região do cérebro com funções vitais na memória poderá bastar para indicar se um adulto jovem corre mais risco de desenvolver Alzheimer décadas depois, podendo assim ser tratado precocemente.

Esta é a principal conclusão de um estudo realizado pela Universidade de Oxford e do Imperial College de Londres em que foi comparada a actividade cerebral de 36 voluntários com idades entre 20 e 35 anos através de imagiologia por ressonância magnética, sendo metade deles portadora do gene ApoE4, relacionado com a doença.
 
 

LER MAIS

 

 



publicado por enfarpeladasocumveu às 02:37
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Segunda-feira, 19 de Março de 2007
Aprendizagem a (em) cru III

O hipocampo situa-se a um nível muito profundo do cérebro, à direita e à esquerda, no interior dos lobos temporais do córtex cerebral. Esta é uma estrutura fundamental para a aprendizagem de acontecimentos de tal modo que, para que algo de novo seja aprendido, deve ser registado no hipocampo.

O caso do doente H.M., que sofria de epilepsia incurável e a quem foi extirpado bilateralmente o hipocampo e áreas circundantes do cérebro, foi muito importante na comunidade neurocientífica internacional e demonstrou a importância atribuida a esta estrutura na aprendizagem, dado que, com a extirpação, deixou de ser capaz de aprender novos conhecimentos, nomeadamente não reconhecia os médicos e os psicólogos que o acompanhavam e que tinham que se apresentar cada vez que o viam de novo, pois ele esquecia-se com quem tinha falado na última vez. Depois da ablação desta estrutura, H.M. era capaz de ler  o mesmo jornal várias vezes e surpreender-se sempre, de novo, com as notícias. Mais difícil ainda foi quando teve de mudar de casa pois não conseguiu orientar-se na sua nova casa. No entanto, embora não fosse capaz de aprender e recordar novos conhecimentos isolados para os quais o contributo do hipocampo é fundamental, tinha capacidade de aprender novas habilidades, tal como a escrita em espelho que entretanto lhe foi ensinada e que aprendeu facilmente. Assim, podemos depreender que facilmente poderia aprender a andar de bicicleta ou a interiorizar regras gerais através de exercícios continuados porque nessas aprendizagens não é preciso o hipocampo. Porém, não era  capaz de se orientar na sua nova casa pois o hipocampo é fundamental para a memorização de locais e para o sentido de orientação espacial.

Os resusltados dos estudos efectuados em animais e alguns em pessoas, mostram como o hipocampo é importante para a capacidade de representação de pormenores. Inclusive podemos dizer que as pessoas que têm maior capacidade de orientação e de representação de locais, têm um hipocampo maior. Contudo, ainda não se descobriu se esta estrutura é maior à partida e por isso é que as pessoas têm maior sentido de orientação ou se se tornou maior depois da estimulado, crescendo, por isso, à posteriori.

(...)


tags:

publicado por enfarpeladasocumveu às 23:20
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Deterioro cognitivo causa...

La corteza prefrontal que...

Exame simples pode detect...

Aprendizagem a (em) cru I...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Julho 2016

Março 2016

Dezembro 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2013

Janeiro 2013

Junho 2012

Maio 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

favoritos

Entrevista a Alexandre Fr...

As feromonas da maçã

Reivindicar outra avaliaç...

A coragem para dizer: bas...

Dez Princípios para uma R...

Pode alguém ser quem não ...

links
Artist a Day
TEMPO
Lisbon Time
CURRENT MOON
CURRENT MOON
Fazer olhinhos
CITAÇÕES
blogs SAPO
subscrever feeds